8 passos para uma alimentação consciente

Por Booz Kombucha    |    07 de abril de 2020

Como a maioria de nós, você provavelmente já comeu algo nas últimas horas. E, como muitos de nós, talvez você não consiga se lembrar de tudo que comeu, muito menos da sensação de comê-lo. De acordo com um relatório do Departamento de Agricultura dos EUA, o americano médio gasta duas horas e meia por dia comendo, mas mais da metade do tempo, também estamos fazendo outra coisa. “Quando estamos trabalhando, dirigindo, lendo, assistindo televisão ou mexendo em um dispositivo eletrônico, não temos plena consciência do que estamos comendo. E essa falta de consciência dos alimentos que estamos consumindo, pode estar contribuindo para a epidemia nacional de obesidade e outros problemas de saúde.”diz Lilian Cheung, nutricionista e conferencista da Harvard TH Chan School of Public Health.

 



 

O que é comer atentamente?



Atenção plena significa focar no momento presente, enquanto calmamente reconhece e aceita seus sentimentos, pensamentos e sensações corporais. Esse é essencialmente o mesmo conceito que impulsionou o desenvolvimento das diretrizes dietéticas norte-americanas, que, pela primeira vez, consideraram a sustentabilidade das culturas alimentares e os benefícios para a saúde dos alimentos.


Embora as opções ideais de alimentação consciente sejam semelhantes à dieta mediterrânea, centrada em frutas, legumes, grãos integrais, sementes, nozes e óleos vegetais, a mesma técnica pode ser aplicada a um cheeseburger e batatas fritas, por exemplo. Ao prestar realmente atenção aos alimentos que você come, você pode adquirir uma nova consciência alimentar, recorrendo aos alimentos saudáveis com mais frequência. Em essência, o exercício é estar totalmente atento à sua comida - desde o momento que você a compra, prepara, serve e consome. No entanto, a adoção da prática pode levar mais do que alguns ajustes na maneira como você aborda as refeições e os lanches. No livro “Savour: Mindful Eating, Mindful Life”, Dr. Cheung e seu co-autor, o líder espiritual budista Thich Nhat Hanh, sugerem várias práticas que podem ajudá-lo a chegar lá, incluindo as listadas abaixo:


 

Comece com sua lista de compras



Considere o valor de saúde de cada item adicionado à sua lista e cumpra-o para evitar compras por impulso durante as compras. Encha a maior parte do seu carrinho na seção de produtos naturais e saudáveis e evite os corredores centrais - que são abastecidos ​​com alimentos processados​, além logicamente das batatas fritas e os doces no balcão de check-out.




 

Vá para a mesa com apetite



Atenção, pois estar com apetite não significa estar faminto, morrendo de fome. Se você pular as refeições, pode estar tão ansioso para colocar algo no estômago que sua primeira prioridade será preencher o vazio em vez de saborear a comida.

 

Comece com uma pequena porção



Pode ser útil limitar o tamanho do seu prato a uns 25 centímetros mais ou menos.

 

Aprecie sua comida



Faça uma pausa por um minuto ou dois antes de começar a comer para contemplar tudo e todos. Silenciosamente, expresse sua gratidão pela oportunidade de desfrutar de uma comida deliciosa, valorizando cada segundo por isso.

 

Traga todos os seus sentidos para a refeição


 

Quando estiver cozinhando, servindo e comendo sua comida, esteja atento à cor, textura, aroma e até mesmo aos sons que os diferentes alimentos emitem ao prepará-los. Ao mastigar a comida, tente identificar todos os ingredientes, principalmente os temperos.

 

Faça pequenas mordidas



É mais fácil provar a comida completamente quando a boca não está cheia. 

 

Mastigue bem


 

Mastigue bem até poder provar a essência da comida. (Pode ser necessário mastigar cada garfada por 20 a 40 vezes, dependendo da comida.) Você pode se surpreender com todos os sabores que são liberados.

 

Coma devagar


 

Se você seguir o conselho acima, não irá estragar sua comida. Dedique pelo menos cinco minutos a uma alimentação consciente antes de conversar com seus colegas de mesa.




 

fonte: https://www.health.harvard.edu/staying-healthy/8-steps-to-mindful-eating


 
 

receba nossas novidades

Obrigado, recebemos seu email!
Ops, algo deu errado. Verifique o email digitado.